Repercutiu: Advogado diz que não há "10% de juiz honesto" no TJ da Bahia

sábado, 5 de agosto de 2017

O advogado Felisberto Odilon Córdova, que na última quinta-feira (3) acusou um desembargador de Santa Catarina de ter pedido R$ 750 mil em propina para julgar causas em seu favor, disparou contra a Justiça baiana em entrevista à CBN. À rádio, Felisberto destacou que é preciso preservar as instituições, mas que isso não significa que dentro delas não haja “maçãs podres”. Ao ser perguntado se já recebeu ameaças, ele confirmou: “de outros tribunais”. Salientando que o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) “ainda é dos melhores” do país, Córdova critica o TJ-BA: “Nós conhecemos tribunais, como o da Bahia, que são podres inteiramente. Talvez não tenha 10% de juiz honesto lá dentro”. BN

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP