Estudantes realizam manutenção de computadores de órgãos públicos em Jacobina

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Instituições de ensino e órgãos estaduais de Jacobina (a 337Km de Salvador), na região Norte da Bahia, estão sendo beneficiados com serviços prestados por estudantes do curso técnico de nível médio em Manutenção e Suporte em Informática. Ao mesmo tempo em que realizam a manutenção de computadores nos órgãos públicos, os estudantes colocam em prática o que aprenderam em sala de aula e ampliam a formação para o exercício da futura profissão.

A iniciativa envolve os estudantes do 4º ano do curso técnico do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Gestão e Negócios do Centro Baiano Professora Felicidade de Jesus Magalhães. Segundo o vice-diretor e articulador com o mundo do trabalho, Almerindo Bacelar, os estudantes já vinham realizando intervenções no próprio CEEP e em uma unidade de ensino da rede municipal. O bom desempenho abriu novas possibilidades de atuação.
Veja mais abaixo, ou clicando AQUI!


Almerindo ressalta, ainda, que as intervenções realizadas pelos estudantes são registradas e inseridas na carga horária de estágio obrigatório do curso. “Os 12 estudantes que participam do projeto incluem a atividade no horário de estágio, o que facilita a formação e certificado ao final do curso. E o mais legal é que acabaram surgindo novas unidades interessadas no serviço de nossos estudantes, por isso estamos organizando uma agenda. Já temos confirmada uma intervenção no Batalhão da Polícia Militar”, conta.

Para o estudante Alcino Júnior, 18 anos, a atividade contribui para sua formação. “Sabemos que o mundo do trabalho é bastante competitivo, por isso esta ação é muito importante para a minha preparação. Estou passando por diversas situações em que coloco em prática o que venho aprendendo e sempre com o auxílio do professor, que nos acompanha e ajuda em caso de dúvidas na manutenção e suporte”, diz.

O projeto já tem promovido algumas oportunidades de atuação profissional para os estudantes, como explica Amanda Santos, 18. “As pessoas veem o nosso trabalho e acabam indicando para outros serviços. Outro dia, um amigo me indicou para uma manutenção porque tinha visto minha atividade na escola. Tudo isso acaba nos promovendo como profissionais, principalmente porque realizamos um serviço de qualidade e as pessoas não esquecem quando é bem feito”, afirma.
Secretaria de Educação do Estado da Bahia 


Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP