Áudio sobre a Globo é falso: diretor não se demitiu e voz não é dele

sábado, 19 de agosto de 2017

A Rede Globo é a nova vítima dos criadores de fake news. Circula nesta sexta-feira um áudio falso no WhatsApp atribuído a um suposto funcionário da emissora, alardeando que a companhia se “alinhou à esquerda para preparar a volta do Lula”. Para isso, a diretoria da empresa teria orientado os seus programas jornalísticos a tratarem “de forma caluniosa” o presidente Michel Temer, o prefeito de São Paulo, João Doria, e os integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato. A voz ainda acrescenta que o logo da Globo ganharia novos tons de vermelho, numa demonstração do seu alinhamento com a esquerda. O conteúdo é tão inverossímil que nem valeria o registro, mas como o áudio viralizou nas redes sociais o Me engana que eu posto foi atrás para saber se há pelo menos algum fundo de verdade nele. E não há.

O locutor inicia a gravação avisando que “por questões óbvias” não irá se identificar. O arquivo, no entanto, é compartilhado junto com a foto e o nome do atual diretor do Fantástico, Luiz Nascimento, que supostamente teria se demitido do cargo na última sexta-feira, o que também é mentira. Recentemente, saíram notícias em portais de entretenimento dando conta de que ele e a mulher, que também trabalha na Globo, iriam se aposentar no fim do ano. Como é de praxe no mundo do fake news, os boateiros se aproveitam de uma informação aparentemente verdadeira para basear uma notícia complemente mentirosa.

Ao blog, o diretor do Fantástico enviou a seguinte nota sobre o áudio: “Não pedi demissão, a voz não é minha e esse texto falso também não é meu. Acho lamentável — e me causa profunda indignação — que máquinas de propaganda condenáveis e protegidas por um anonimato criminoso usem as redes sociais para propagar mentiras com objetivos obviamente escusos”.

Procurada, a Rede Globo afirmou que tudo, absolutamente tudo, no áudio é falso.”Máquinas de propaganda se utilizam cada vez mais de fake news com propósitos escusos. Mas pesquisas mostram que temos uma vantagem: como líder absoluta, todos veem nossos noticiários e o público não acredita nos boatos, porque eles não são compatíveis com o que vai ao ar de fato”, diz o texto.
Fonte: Veja.

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP