Vídeo mostra primeiro depoimento de Geddel depois de ser preso, assista

quinta-feira, 6 de julho de 2017

O ex-ministro Geddel Vieira Lima chorou após ouvir do juiz Vallisney de Souza Oliveira, titular da 10ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal, que irá permanecer encarcerado por tempo indeterminado.

Vallisney afirmou que irá analisar o pedido de soltura na próxima semana. Os advogados solicitaram a prisão domiciliar e o uso de tornozeleira eletrônica por Geddel.

"Se a vossa excelência quiser colocá-lo em prisão domiciliar sem celular assim como já foi feito, pode ser feito desde agora", argumentou o advogado Gamill Föppel.

O juiz Vallisney deu três dias úteis de perícia mais as 24 horas que o Ministério Público tem para se pronunciar. O ex-ministro foi preso na última segunda (3) acusado de obstrução de justiça.
Fonte: Agora na Bahia.

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP