Por orientação do prefeito ACM Neto, presidente Michel Temer boicota a Bahia em empréstimo de R$ 6 bilhões, denuncia deputado Robinson Almeida

terça-feira, 25 de julho de 2017

Articulação política de ACM Neto, em tentar vetar os recursos para o Governo da Bahia, evidência grave falta de apreço ao povo baiano.
Em nota, encaminhada nesta sexta-feira (21/07/2017) ao Jornal Grande Bahia, o deputado Robinson Almeida (PT) denunciou a articulação da “trinca do golpe” — ACM Neto (DEM), Geddel Vieira Lima (PMDB) e Antonio Imbassahy (PSDB) — por agirem com a finalidade de determinar que o presidente Michel Temer (PMDB/SP) vete o empréstimo de R$ 6 bilhões para o Estado da Bahia. O recurso é destinado à recuperação de estradas, e investimentos em saúde e educação, a serem realizados pelo governo Rui Costa (PT).

Confira a nota

Temer boicota a Bahia porque ACM Neto (DEM), Geddel Vieira Lima (PMDB) e Antonio Imbassahy (PSDB) fazem oposição ao governo do estado. Essa é uma orientação política dessa trinca do golpe na Bahia.

Ocupando funções importantes no governo Temer, DEM, PMDB e PSDB, ao invés de ajudar a Bahia, tem jogado contra. Recentemente, em jantar entre Neto, Temer e Imbassahy, foi colocado na mesa o veto ao empréstimo de R$ 6 bilhões para o governo do estado aplicar na recuperação de estradas, saúde e educação.
Nunca ter visitado a Bahia e Minas Gerais, governados pelo PT, depois de mais de um ano no poder, mostra o modo Temer de governar: discriminação, ausência de realização e perseguição política.

Robinson Almeida

Deputado Federal PT/BA

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP