Ex-goleiro do Botafogo, Max tem morte cerebral confirmada

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Ex-goleiro do Botafogo, Max sofreu morte cerebral nesta quarta-feira (26), aos 42 anos. Ele estava no Hospital da Lagoa, onde foi submetido a testes neurológicos e não respondeu a estímulos. O clube alvinegro anunciou que fará uma homenagem para ele, no jogo contra Atlético-MG, pelas quartas de final da Copa do Brasil. 

Há cerca de 20 dias, Max sofreu um acidente em uma tentativa de assalto. Ele teve uma lesão no braço, chegou a sair do hospital, mas passou a sentir dor de cabeça forte e ter confusão mental. Ficou internado, mas o quadro só se agravou. O Botafogo emitiu um comunicado oficial em que manifestou solidariedade aos familiares e amigos. Depois anunciou no Twitter que o goleiro Jefferson vai homenagear Max.

O goleiro foi revelado pela Portuguesa-RJ e jogou no Botafogo entre 2002 e 2007. Nem sempre foi titular, mas teve bons momentos e foi campeão carioca em 2006. Passou também por América-RJ, Bangu, Friburguense, Vila Nova-GO, Itumbiara, Joinville, Barra da Tijuca e Boa Esporte. *Goal

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP