Comerciante é condenado a 28 anos de prisão por morte de mulher em 2010

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Camacã: Comerciante é condenado a 28 anos de prisão por morte de mulher em 2010Um comerciante de Camacã, no sul do estado, foi condenado a 28 de prisão por ter mandado matar a própria esposa. Após julgamento de quase 12 horas nesta quinta-feira (20) no fórum da cidade, Edvan Ribeiro da Costa, que ainda não confessou o crime, foi encaminhado para o presídio de Itabuna, na mesma região. O comerciante era acusado como mentor da morte da companheira Kátia Cristina Lima dos Santos, de 32 anos, em dezembro de 2010. Dois homens, já presos, atiraram contra a vítima, que morreu na frente dos três filhos do casal, dentro de um carro, em frente a uma igreja. Conforme a TV Santa Cruz, na época do crime, a polícia já tinha apontado o comerciante como suspeito de ser mandante do crime. Ele teria ficado com medo de ter que dividir os bens após uma eventual separação, já que a mulher teria descoberto uma traição dele.
Informações do  TV Santa Cruz

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP