Após morte, corpo de bebê é guardado em frigobar na maternidade

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Na quarta-feira (19/07), a divulgação da imagem do corpo de um bebê dentro de um frigobar doméstico na Maternidade Evangelina Rosa, em Teresina chocou os piauienses. As fotos foram divulgadas pela família do recém-nascido e o caso está sendo apurado pelo Ministério Público.

De acordo com o relato dos familiares, o bebê morreu após esperar por quase dois meses por uma cirurgia para corrigir os problemas causados por uma cardiopatia congênita. O estado de saúde do recém-nascido era considerado muito grave e ele não resistiu.

A direção da maternidade reconheceu o problema e informou que já está abrindo um licitatório para a compra de uma câmara mortuária para que os corpos sejam armazenados corretamente até a liberação. A direção ainda destacou que desde o ano de 2016 a unidade está passando por uma reformulação no sentido de amenizar esse tipo de problema.

G1

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP