Adolescente de 15 anos é morta a punhal pelo ex-namorado em Porto Seguro

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Uma adolescente de 15 anos foi morta a punhaladas na noite deste domingo (2), em Arraial D’Ajuda, na região de Porto Seguro, no Sul da Bahia. A jovem, Dominik Miranda Viana, estava com amigos numa festa em uma casa de shows chamada La Torre, quando foi surpreendida com dois golpes de punhal, por volta das 22h. De acordo com a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam/Cabrália), o principal suspeito do crime é o ex-namorado, Joelson Borges Santos, de 23 anos, conhecido como Galego.

Segundo a delegada Teronite Bezerra, titular da Deam, a jovem namorou o rapaz por três meses, até que ele resolveu romper o relacionamento. A polícia suspeita que ele tenha premeditado o crime, já que no dia do assassinato ele pegou a moto do irmão de Dominik para ir até à festa. “Fazia dois meses que eles tinham terminado, inclusive foi ele quem terminou, mas se arrependeu e ficou perseguindo ela”, conta. O ex-namorado decidiu encerrar o relacionamento porque sentia ciúmes da jovem saindo sozinha para os lugares.

Uma testemunha ocular do fato relatou que Joelson deu um golpe no ombro de Dominik e, após vê-la no chão gritando por socorro, ele deu mais uma golpeada no pescoço. Após atingir a adolescente, ele fugiu do local. A menina chegou a ser socorrida para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A vítima era moradora do município de Guaratinga, a 140 km de Porto Seguro, e foi morar com o irmão nesta última cidade a mando da mãe, que já estava preocupada com seu namoro com um traficante de Guaratinga. “É uma crueldade, uma violência sem fim contra uma pessoa menor de idade, em desvantagem física. Uma testemunha relatou que ele tem porte de homem, ele é adulto. A mãe dela trabalha como gari, é muito pobre e achou que seria uma boa ideia afastar a filha de más influências mandando ela para Porto Seguro”, explica a delegada.

Ainda segundo informações da Deam, Joelson tinha mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas no Arraial D’Ajuda. Até o momento o suspeito permanece foragido. A delegada Teronite Berreza solicitou a prisão preventiva dele nesta segunda-feira (3). O crime foi tipificado como feminicídio.

Feminicídio
De acordo com a Secretaria de Política Para as Mulheres da Bahia, o estado é o segundo no Brasil com maior número de feminicídios e quinto no ranking mundial. Somente entre os meses de janeiro e março, deste ano, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) da Bahia registrou mais de 10 mil casos de violência contra a mulher em todo o estado. Os casos se referem a agressões, estupros e assassinatos. Somente na capital, Salvador, são mais de 2,5 mil registros, o equivalente a 25% do total de casos. O levantamento leva em conta apenas mulheres acima de 18 anos.
Fonte: Correio 24h.

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP