Venezuela diz que bombas de fezes são ‘armas bioquímicas’

sexta-feira, 12 de maio de 2017

A Inspetora Geral dos Tribunais da Venezuela, Marielys Valdéz, disse nesta quarta-feira que as bombas com fezes lançadas por manifestantes contra a polícia durante protestos são "armas bioquímicas". 

“É uma arma biológica (…). O uso de armas bioquímicas é um crime completamente tipificado que prevê penas severas”, declarou Valdéz em entrevista ao canal estatal VTV. E acrescenta: “O uso de armas ‘químicas’, neste caso fezes humanas e de animais, gera consequências (…), pode afetar a água e contaminar terrivelmente. Pessoas especialmente vulneráveis, crianças e idosos, podem contrair hepatite ou infecções com bactérias”.

Os frascos com excrementos, batizados de "puputov", têm sido jogados em policiais na onda de protestos contra o presidente Nicolás Maduro. As manifestações deixaram em 40 dias 38 mortos e centenas de feridos. 

Na quarta, em Caracas, houve novo protesto. Muitos afirmam usar as "puputov" para combater o aumento da repressão das forças do governo.
Correio 

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP