Trump pediu que FBI encerrasse investigação sobre Flynn, diz memorando

quarta-feira, 17 de maio de 2017

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu ao então diretor do FBI, James Comey, que encerrasse uma investigação federal sobre o ex-assessor de segurança nacional Michael Flynn, em um encontro na Casa Branca em fevereiro, de acordo com uma pessoa próxima a Comey.

Na reunião, o presidente disse a Comey que esperava que ele encontrasse uma maneira de encerrar a investigação do Escritório Federal de Investigação (FBI, na sigla em inglês) sobre Flynn. A informação consta do memorando escrito pelo ex-diretor do FBI que documentou o encontro com o presidente. “Eu espero que você possa deixar essa passar”, disse o presidente a Comey, segundo a fonte familiarizada com o conteúdo do memorando. A existência do documento foi primeiro divulgada pelo jornal The New York Times.

De acordo com o jornal, a existência do pedido é a evidência mais clara de que o presidente tentou diretamente influenciar o Departamento de Justiça e o FBI na investigação sobre os vínculos entre membros da campanha de Trump e a Rússia. Comey não quis discutir com o presidente nenhum detalhe da investigação do FBI sobre Flynn, que deixou o posto em 13 de fevereiro, não muito antes da reunião documentada por Comey em seu memorando, segundo a fonte.

Na semana passada, Trump demitiu Comey abruptamente. Em comunicado divulgado na noite de terça-feira, a Casa Branca negou a versão dos eventos que consta no memorando. A nota do governo diz que Trump nunca pediu que qualquer investigação fosse encerrada. Um porta-voz do FBI não quis comentar o assunto.
Correio 

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP