Procurador preso após delação da JBS tentou descobrir informações da operação, diz coluna

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Procurador preso após delação da JBS tentou descobrir informações da operação, diz colunaA delação da JBS pegou a todos de surpresa, mas, por pouco a informação não vazou para os alvos. Tanto o procurador Ângelo Goulart Vilella como o advogado Willer Tomaz começaram a desconfiar que Joesley Batista estivesse fechando um acordo de delação premiada. Segundo informações da coluna Radar Online, da Veja, Tomaz chegou a ameaçar o empresário, sem sucesso. O delator seguiu em frente e revelou que os dois recebiam propina para lhe passar informações privilegiadas de uma investigação relacionada à JBS. De acordo com a publicação, às vésperas da divulgação do acordo, Vilella ligou para diversos colegas do Ministério Público Federal (MPF) para saber se "estava tudo bem", mas ninguém revelou nada. No dia seguinte, os dois foram presos. BN

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP