recent

Governador culpa falta de organização de prefeitos pela não construção ainda de Policlínica em Jacobina

Por Gervásio Lima - No início da tarde desta quarta-feira, 31, o radialista João Batista Ferreira, da Rádio Jaraguar AM/FM, de Jacobina, questionou ao governador da Bahia, Rui Costa, o porque de “apesar da alta demanda na área da Saúde, com pacientes tendo que realizar exames e serem atendidos em Feira de Santana e Salvador, a cidade de Jacobina é uma das poucas sedes regionais que ainda não foi beneficiada com o projeto de implantação das Policlínicas.

Ao responder a pergunta do âncora dos programas jornalísticos ‘Levante a Voz’ e ‘Jornal do Meio Dia’, o governador culpou a falta de organização dos prefeitos dos municípios que compõem o Território Piemonte da Diamantina (Jacobina, Miguel Calmon, Ourolândia, Umburanas, Mirangaba, Caém, Saúde e Serrolândia), pela não construção, ou o anúncio ainda da obra.

Segundo Rui Costa, no início do seu governo, em 2015, lançou um desafio para os então prefeitos de todos os municípios da Bahia, o de se organizarem em regime de consórcio público de saúde (união entre as cidades de uma mesma região), para facilitar a chegada de benefícios na área, inclusive de policlínicas, pois a intenção seria de contemplar os 27 territórios de identidade do Estado.”Lancei um desafio em 2015. Disse que as primeiras regiões a organizar o consórcio de Saúde seriam as primeiras contempladas e muitos não acreditaram, uma delas foi a região de Jacobina que até o momento não possui o consórcio”, disse o governador, afirmando que sua promessa está sendo cumprida, tanto é que as quatro primeiras regiões que se organizaram (Irecê, Guanambi, Jequié e Teixeira de Freitas), já estão prestes a inaugurar suas policlínicas.

Para deixar os jacobinenses mais atônitos do que estavam antes da entrevista, o governador parabenizou os prefeitos que aceitaram o desafio e anunciou o início das obras do importante equipamento de saúde nas cidades de Valença, Santo Antonio de Jesus, Feira de Santana, Alagoinhas, Simões Filho e Paulo Afonso; sendo esta última precisando apenas formalizar a aquisição do terreno.

Mandando um recado para os prefeitos da região de Jacobina, Rui Costa avisou: “na medida que consigamos os recursos, iremos contemplar por ordem de organização dos municípios. As regiões que andarem primeiro serão as primeiras atendias”. Segundo ele, a gestão (custeio e manutenção) das policlínicas depois de prontas será dos consórcios de saúde. “Não poderemos construir um prédios sem saber quem vai gerir”, salientou.
Governador culpa falta de organização de prefeitos pela não construção ainda de Policlínica em Jacobina Governador culpa falta de organização de prefeitos pela não construção ainda de Policlínica em Jacobina Reviewed by Augusto Urgente on 31.5.17 Rating: 5