Prefeitura de Jacobina fiscaliza mineradora após denúncia de contaminação

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Atendendo uma recomendação do promotor regional ambiental de Jacobina, Pablo Antonio Cordeiro de Almeida, a Prefeitura Municipal de Jacobina, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) e da Vigilância Sanitária, solicitou que técnicos desses órgãos buscassem informações junto a mineradora Jacobina Mineração e Comércio, do grupo Yamana Gold, em relação a denúncia de um provável vazamento de material contaminante nas águas do rio que atende à comunidade do Itapicuru.

Acompanhados pelos representantes do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema), Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) e de funcionários da JMC, os prepostos da Prefeitura de Jacobina estiveram durante todo o dia desta quinta-feira (20), visitando a área industrial da mineradora e o seu entorno, principalmente nos locais onde teriam acontecido o vazamento.

O secretário da SMMA, Daniel Moura e a diretora da Vigilância Sanitária do município, a médica veterinária Milene Vasconcelos, estiveram pessoalmente na propriedade de José Martins de Oliveira, onde teriam acontecido as mortandades de animais, para obter informações mais detalhadas sobre o ambiente. Conforme informações de Martins, como é conhecido, galinhas, patos e uma cachorra haviam morrido na semana passada por causas ainda desconhecidas, mas que sua única suspeita seria por contaminação da água do rio Itapicuruzinho que passa por dentro do seu terreno.

A veterinária Milene colheu sangue de dois cachorros que Martins diz acreditar que podem ter sido também contaminados para análises laboratoriais e os técnicos do Inema recolheram amostras da água, efluentes e de sedimentações para ser analisado pelo Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Bahia (CEPED). “Somente após as análises físico químicas poderá precisar se houve ou não derramamento de produtos químicos ou rejeitos do processo produtivo em solo e nos recursos hídricos”, afirmou o secretário Daniel Moura.

O prefeito Luciano Pinheiro que está acompanhando de perto o trabalho dos técnicos afirma que tomara todas as providências para que os fatos enunciados sejam esclarecidos para a população. Segundo o prefeito, sua administração estará sempre à disposição dos órgãos ambientais e continuará trabalhando sempre para que problemas sejam resolvidos e evitados.
Ascom PMJ


Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP