Oeste: Garota de Barreiras-BA diz que entrou no jogo da Baleia Azul

sábado, 29 de abril de 2017

O Conselho Tutelar pediu ajuda a Polícia Civil para tentar salvar a vida de uma estudante de 13 anos, que está se auto mutilando e com pensamento suicida, alegando que foi motivada pelo desafio da morte denominado de “baleia azul”. A adolescente diz que entrou espontaneamente no jogo e já cumpriu mais de 30 etapas de 50 tarefas exigidas pelos desafiantes.

Ela mora com a avó, que entrou em desespero com a situação e procurou o Conselho Tutelar em busca de ajuda para salvar a vida da neta. Ainda segundo ela, não possui computador em casa e a menina teve o aparelho celular roubado, porém, troca mensagens nas redes sociais com os “curadores”, de quem recebe informações sobre as tarefas a serem cumpridas, numa lan house.

A grande preocupação dos conselheiros tutelares e delegados é com a insistência da adolescente em permanecer no jogo. Ainda não foi possível identificar as causas do seu pensamento suicida, uma vez que, a mesma não aparenta possuir qualquer tipo de complicação psicológica ou psiquiátrica.

A avó também falou sobre a suposta morte de um colega da menor, que teria sido internado no Hospital do Oeste, após pular de um prédio, induzido pelos desafios do “baleia azul”. O delegado titular da 1ª Delegacia de Barreiras, José Romero disse a nossa reportagem, que a polícia desconhece algum caso confirmado de óbito no município, relacionado a esse evento (baleia azul). “Vamos buscar acompanhamento de algum Centro de Atendimento Psiquiátrico para ela e tentar descobrir se realmente está sendo impulsionada por esse jogo”, declarou o delegado.

A vítima escreveu e fez um desenho que diz ser de uma baleia, no braço esquerdo, e rabiscou o próprio abdômen, possivelmente com lamina de aço. As lesões serão examinadas pelo Departamento de Polícia Técnica. Alô Alô Salomão

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP