Com teto e reformas sociais, FMI prevê superávit para o Brasil apenas em 2022

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Com teto e reformas sociais, FMI prevê superávit para o Brasil apenas em 2022O Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou documento nesta quarta-feira (19) no qual estima que o Brasil só voltará a registrar superávit primário no ano de 2020, com resultado positivo correspondente a 0,7% do PIB. De acordo com a Folha de S. Paulo, o relatório aponta ainda a recuperação econômica passa pelo cumprimento do teto de gastos aprovado no final do ano passado e pela aprovação de novas reformas sociais. "A emenda constitucional adotada no fim de 2016, que estabelece um teto para os gastos federais em termos reais para as próximas duas décadas, deve ser complementada por uma reforma de seguridade social, que as autoridades apresentaram ao Congresso e planejam adotar neste ano", relata o documento. O FMI também prevê que a dívida do Brasil seguirá crescendo nos próximos seis anos, alcançando 81,2% do PIB ao fim de 2017 e 87,8% do PIB em 2022.
Informações da Folha de S. Paulo

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP