Sírio Libanês demite médica que ironizou Marisa Letícia no WhatsApp

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

De acordo com a publicação, uma médica reumatologista identificada como Gabriela (de 31 anos) compartilhou informações sigilosas sobre o estado de saúde de Marisa Letícia em um grupo de WhatsApp.

A médica espalhou em um grupo que a ex-primeira dama estava no hospital com diagnóstico de AVC nível 4 na escala Fisher.

Um participante do grupo (também da área médica) chegou a escrever:

“Tem que romper (o vaso sanguíneo) no procedimento […] já abre a pupila e o capeta abraça ela” escreveu Richam Ellakkis.

Outro médico comentou:
“Esses fdp vão embolizar ainda por cima ?!?”, se referindo ao procedimento de fechar um vaso sanguíneo para diminuir o fluxo de sangue em determinado local.

O Sírio Libanês disse que tomou ‘medidas disciplinares’ contra a médica Gabriela Munhoz pelo vazamento das informações.

“A instituição tomou as medidas disciplinares em relação à médica, assim que teve conhecimento da troca de mensagens”, informou a assessoria.

A nota ainda informou que “Não permite esse tipo de atitude entre seus colaboradores” e repudiou a quebra do sigilo de pacientes.
Fonte: Diário do Brasil.

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP