PM mata publicitária com um tiro na cabeça em São Paulo

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

PM mata publicitária com um tiro na cabeça em São Paulo
Um soldado da Polícia Militar de São Paulo foi preso em flagrante neste domingo (12) após matar a publicitária Maria Cláudia Pedace, 33 anos, durante uma confusão em um posto de combustíveis na Vila Ré, zona leste da capital paulista. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, Maria Cláudia foi morta com um tiro na cabeça na frente do namorado e da filha, de 2 anos. A Polícia Civil informou que o conflito começou após o veículo no qual os três estavam passar por cima do pé de uma mulher que estava no posto, situado na Rua Itinguçu. O namorado da publicitária dirigia o carro. Após o acidente, a mulher chamou os amigos, incluindo o PM, que estava de folga. O soldado pediu para que o namorado de Maria Cláudia parasse o carro – o homem não atendeu ao pedido e saiu do posto. O policial então fez o disparo que atingiu a publicitária e fugiu em seguida. Ele foi encaminhado ao presídio militar Romão Gomes, no Tremembé, na zona norte, acusado de homicídio doloso (com intenção de matar). De acordo com a Polícia Civil, ele se negou a prestar depoimento. A PM informou que o caso será investigado pela Corregedoria e que o soldado pode ser expulso da corporação. A mulher que teve o pé atingido pelo carro sofreu ferimentos leves. Em depoimento à polícia, ela disse que o namorado de Maria Cláudia tentou atropelar as pessoas que estavam no posto de combustíveis, entre elas o policial.
Informações do jornal Folha de S. Paulo

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP