Mirangaba: Consumidores reclamam de cobranças altas da Embasa em Taquarendi

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

TAQUARENDI: Vereadores Nildão,
Nego Jó, Hidam e Gudino
criticam descaso da Embasa
A deficiência na prestação de serviços da Embasa aliada a constantes reajustes não são as únicas reclamações que os moradores do distrito de Taquarendi, no município de Mirangaba. A mais nova é a de cobranças acima do normal. Na última sexta-feira (10), a Rádio Jaraguar ouviu depoimentos de vários moradores com reclamações sobre os valores abusivos que vêm praticados pela Embasa naquele distrito.

A dona de casa Neuzeuma do Lago Dias, relatou que em sua residência, na comunidade do Mandacaru, além dos valores altos, a Embasa teria enviado contas em duplicidade. “Além dos valores absurdos, eles estão entregando duas contas com vencimento no mesmo mês. Isso é absurdo”, reclama.

Neuzeuma do Lago apresenta contas em duplicidade
A aposentada Beltina de Jesus, 71 anos, está desesperada. Ela, assim como tantos outros consumidores que não puderam pagar os valores cobrados pela Embasa, teve seu nome negativado junto ao SPC e SERASA. Os valores somados nos últimos quatro meses chegam a mais de três mil reais. “Eu não tenho como pagar, meu filho”, desabafa.

Esperamos que a Embasa cumpra o que está previsto no contrato, ou seja, água tratada, fornecimento regular e que as pessoas paguem pelo consumirem e não esses valores exorbitantes. Além disso, é preciso estabelecer as cláusulas sociais, com a implantação da tarifa mínima e a instalação dos hidrômetros”, desta o vereador Hidamar Moura (PMDB).

O presidente da Câmara de Mirangaba, Joacy Mendes (PSDB), critica a falta de estrutura da Embasa em Taquarendi. “Temos um único funcionário para cuidar de seis quilômetros de extensão de rede. É cano estourando no meio da rua, não tem cimento, não tem hidrômetro, se cobra de maneira aleatória, com valores chegam a quase dois mil reais em residência onde não tem nem reservatório. A Embasa está só garimpando dentro de Taquarendi”, critica o vereador.

Os moradores de Taquarendi estão
revoltados com os valores cobrados pela Embasa
O vereador Elezenildo dos Santos Mendes, “Nildão” (PR), afirma que a Embasa não vem cumprindo o que foi acordado com a comunidade. “Quando eles chegaram aqui, prometeram um abastecimento de qualidade, mas o que temos visto é povo reclamando do serviço, e também dos valores das contas que estão muito altos. Não podemos ficar de braços cruzados com essa situação. O povo nos cobra e nós vamos cobrar uma solução por parte de Embasa”, salienta o vereador.

Outro representante do distrito de Taquarendi, o vereador Vivaldino João de Deus, “Gudino” (PTN), também se queixa do serviço da Embasa. “É preciso encontrar uma solução para esse problema, que seja bom para o povo e bom para Embasa. O que não pode é continuar como estar, com essas cobranças absurdas, porque hoje estão tirando proveito das pessoas da Taquarendi”, aponta.

EMBASA - Procurado pela reportagem da Rádio Jaraguar, a gerência da Embasa agendou uma entrevista para a próxima sexta-feira (17), ao meio dia, onde pretende esclarecer os questionamentos apresentados pelos moradores e lideranças políticos do distrito de Taquarendi.
Fonte: Notícia Livre.

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP