Menina morre após ser espancada por professor e colegas por não conseguir ler

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Uma menina de 10 anos morreu após ser agredida pelo professor e por colegas de sala porque não conseguia ler um texto. De acordo com a reportagem do "Daily Mirror", a menina não sabia ler inglês corretamente. O caso aconteceu na última quinta-feira (26) na escola primária Mukandamia, na pequena cidade de Solio, no Quênia.

Alunos que estavam na sala informaram que o professor, que não teve o nome divulgado, mandou que as crianças batesse na menina quando ela não conseguisse ler o texto. Mary Wanjiku, mãe de um dos alunos, disse que a ordem partiu do próprio professor. "O professor ordenou aos alunos ensinar a menina a ler, mas ela não conseguia. Então começaram a bater em suas costas", disse ao "Daily Nation".

Segundo informações, o professor ter dado o primeiro tapa na menina antes de determinar que o restante da turma desse uma surra nela. “Ele atingiu a menina nas costas” , afirmou Mary
Ao final da surra, a menina pediu ao diretor para ir para casa porque estava se sentindo doente. Ela morava com a avó de 86 anos e morreu dois dias depois, em um hospital. 

A repercussão negativa do acontecimento levou vários pais a tirar os filhos da escola na segunda-feira (30). A família da menina denunciou a surra na delegacia de Naromoru. Segundo o oficial Michael Mbaluku, a polícia aguarda a conclusão do relatório sobre a causa da morte para prosseguir com a investigação.

Alguns alunos foram chamados a delegacia e ouvidos pela polícia. Já o professor não foi encontrado para prestar depoimento e está foragido. De acordo com a imprensa local, o professor também era um político da região. Após a morte da estudante, alguns pais foram a delegacia e informaram que esta não foi a primeira vez que um professor da escola agrediu um aluno.
 Correio 

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP