Médicos esquecem gazes em mulher após parto e paciente morre de infecção

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Uma mulher de 22 anos morreu no Hospital Municipal de Nova Odessa, no interior de São Paulo, depois de médicos terem esquecido gazes dentro de seu abdomen. A costureira Eduarda Giovana Kachimarski havia passado por uma cesárea no dia 23 de janeiro e veio a óbito na última quarta-feira (1º).

Segundo Patrícia dos Santos, tia da vítima, Eduarda começou a sentir dores e inchaço na barriga cerca de dois dias após o procedimento cirúrgico, mas os médicos da unidade sugeriram que ela sofria de depressão pós-parto. Na ocasião, a costureira chegou a passar por exames: "Ela ficou internada, fizeram ultrassom e não encontraram nada”, lamentou o irmão de Eduarda, Adriano Kachimarski.

No início da semana, diante da piora do quadro, outro médico assumiu o caso e transferiu a vítima para o Hospital Estadual de Sumaré. Lá, Eduarda passou por nova cirurgia e foram encontrados 30 cm de gaze em sua região abdominal. O material já havia causado infecção generalizada, que levou à morte da paciente. Ela deixa a filha nascida no dia 23, que passa bem. R7

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP