recent

Governo avalia incluir Forças Armadas na Reforma da Previdência, diz agência

Governo avalia incluir Forças Armadas na Reforma da Previdência, diz agênciaO governo Michel Temer agora avalia incluir as Forças Armadas nas novas regras estabelecidas para a previdência, o que inclui a idade mínima de 65 anos e o tempo de contribuição crescente para se aposentar. A informação é da Agência Reuters. As regras, sugeridas no texto da Reforma da Previdência, preveem ainda o teto de R$ 5.578 para o benefício. Em um primeiro momento, os militares foram excluídos da proposta. "Será o mesmo teto para todos. Para além disso, a previdência complementar, em que o governo paga uma parte e os servidores, a outra", declarou uma fonte que tem envolvimento direto com as negociações à agência. A fonte explicou que o projeto separado existiria porque os militares não teriam um regime de previdência previsto na Constituição, o que terá que ser criado. Assim, a idade mínima será de 65 anos com algumas exceções. "Existem funções que o militar exerce em que ele não pode trabalhar até os 65 anos", explicou a fonte. De acordo com a publicação, as mudanças ainda estão sendo negociadas em um grupo de trabalho com representantes das Forças Armadas, mas a fonte adiantou que as propostas devem desagradar ao grupo, que sempre se opôs a quaisquer mudanças no seu regime de aposentadoria. Embora representem apenas um terço dos funcionários públicos federais, as aposentadorias dos militares representam 44,8% do déficit da Previdência dos servidores da União. A contribuição deles também é inferior a dos demais servidores. Enquanto os civis pagam 11% do salário bruto, os militares contribuem com 7,5%. BN
Governo avalia incluir Forças Armadas na Reforma da Previdência, diz agência Governo avalia incluir Forças Armadas na Reforma da Previdência, diz agência Reviewed by Augusto Urgente on 1.2.17 Rating: 5