recent

Seis pessoas morrem em protestos contra aumento do preço da gasolina

Após um forte aumento no preço da gasolina, o México vive nesta semana uma onda de saques e protestos violentos que já deixaram seis mortos e mais de 1.500 presos. Duas pessoas morreram feridas por tiros durante protesto na sexta (6) que terminou em confronto com a polícia em Ixmiquilpan. As vítimas bloqueavam uma estrada no Estado de Hidalgo. A origem dos disparos não foi confirmada. Outros três foram mortos no Estado de Veracruz. Duas das vítimas são suspeitas de terem saqueado produtos e a terceira foi atropelada por um veículo que estava sendo perseguido pela polícia.

Na noite de quarta (4), um policial da Cidade do México morreu ao ser atropelado enquanto tentava impedir o roubo a um posto de gasolina. Os aumentos, de 20,1% para a gasolina e de 16,5% no diesel, os maiores em anos, entraram em vigor no dia 1º de janeiro e motivaram uma onda de protestos, bloqueios de estradas e de postos de gasolina, assim como saques e roubos. “Não será permitida a impunidade”, disse René Juárez, subsecretário de Governo, que informou a prisão de 1.500 pessoas.

A Polícia Federal foi mobilizada em várias regiões, inclusive com uso de aeronaves e foram instauradas “medidas de dissuasão, para evitar que haja novos problemas”, prosseguiu Juárez. Segundo ele, 95% dos postos de combustível operam normalmente e a circulação foi retomada na maioria das vias bloqueadas. De acordo com a confederação comercial do país, até quinta (5) mais de mil lojas e pontos de venda de produtos foram saqueados.

O presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, reiterou que a alta do preço dos combustíveis foi “uma mudança difícil” mas justificou que ela é necessária para manter a estabilidade econômica e financiar programas sociais. A polícia realiza investigações nas redes sociais para identificar pessoas que estimularam ou participaram dos protestos e dos saques.
Correio
Seis pessoas morrem em protestos contra aumento do preço da gasolina Seis pessoas morrem em protestos contra aumento do preço da gasolina Reviewed by Augusto Urgente on 7.1.17 Rating: 5