Risco de aborto reduz com uso de hormônio antes da gravidez, aponta estudo

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Risco de aborto reduz com uso de hormônio antes da gravidez, aponta estudoUm tratamento natural com progesterona antes da gravidez pode beneficiar mulheres que tiveram dois ou mais abortos espontâneos inexplicados, apontou um estudo desenvolvido nos Estados Unidos. Conhecida como "hormônio da gravidez", a progesterona ajuda a estabilizar o endométrio durante a gestação. De acordo com Mary Stephenson, principal autora do estudo, uma em cada 20 mulheres no mundo têm várias gestações frustradas. "A perda recorrente da gravidez é um desafio doloroso para até um em cada 20 mulheres, embora não seja frequentemente discutido de forma aberta. E, apesar de sabermos muito sobre o aborto espontâneo, que é um mecanismo natural do corpo quando há um erro cromossômico na concepção, não sabemos o suficiente sobre a interrupção recorrente e inexplicável da gravidez", afirmou a pesquisadora. Segundo o jornal O Globo, foram avaliadas 116 mulheres com uma história recorrente de perda de fetos. Com o uso da progesterona, 70% das gestações foram bem sucedidas, contra 50% sem o uso do hormônio. "Estamos muito satisfeitos em constatar que esses resultados reforçam a evidência de que a progesterona pode ser um tratamento muito benéfico, barato e seguro para muitas mulheres com histórico de perda recorrente de bebês", celebrou Mary. Ela ressaltou ainda que é necessário um estudo com mais mulheres para validação dos resultado. 
Informações da Mary Stephenson

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP