recent

Jornalistas brasileiros foram os que mais morreram em 2016, aponta levantamento

Jornalistas brasileiros foram os que mais morreram em 2016, aponta levantamentoOs jornalistas brasileiros são o maior grupo entre os 115 jornalistas mortos durante o exercício da profissão no passado. De acordo com levantamento feito pelo International News Safety Institute (INSI), instituto sem fins lucrativos dedicado a estudos sobre a segurança de jornalistas no mundo, a contagem inclui os 20 profissionais de imprensa que morreram no acidente com o avião da Chapecoense. Com isso, ao todo, 23 jornalistas brasileiros foram mortos em atividade. Além disso, a tragédia ainda fez a Colômbia, país onde o avião caiu, ser o local com o maior número de mortes ocorridas, seguido de México e Afeganistão (ambos com 12), Iraque (11) e Rússia (9). Das 115 mortes contabilizadas, 60 ocorreram em países que não estão em guerra, como Guatemala, Índia e Brasil. Segundo a diretora da INSI, Hannah Storm, a maioria das vítimas não era de jornalistas internacionais. "Poucos tinham o apoio de grandes veículos de notícias e a maioria morreu depois de combater adversidades insuperáveis, ameaças diárias e pressões constantes", disse. BN
Jornalistas brasileiros foram os que mais morreram em 2016, aponta levantamento Jornalistas brasileiros foram os que mais morreram em 2016, aponta levantamento Reviewed by Augusto Urgente on 11.1.17 Rating: 5