Uber derruba 13º dos taxistas

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

A tão esperada chegada do mês de dezembro, quando aumenta o fluxo de passageiros em busca de táxis, vai ser diferente este ano, para os mais de sete mil profissionais que trabalham no ramo, aqui em Salvador. A autorização para o uso da bandeira 2 que sempre serviu de compensação e funcionava como 13º salário para os profissionais está praticamente descartada a partir desta quinta-feira(1º) por causa da concorrência dos que trabalham com o aplicativo Uber.

O uso da bandeira 2, a partir de hoje, é autorizado pela Prefeitura de Salvador, mas, de acordo com o Sindicato dos Taxistas, 70% dos táxis que rodam na cidade, não vão fazer uso desse artifício para ganhar 40% à mais sobre as corridas. A justificativa é que essa atitude irá aumentar ainda mais a força da concorrência dos carros que rodam em Salvador, utilizando o aplicativo Uber, considerado ilegal pela Prefeitura, mas que tem provocado muitos prejuízos aos taxistas.

Pela regulamentação da PMS, a dos táxis, fixada em R$2,62, pode ser acrescida em 40%, com o uso da bandeira 2. Ontem, em reunião com o prefeito ACM Neto, eles foram informados de que o uso ou não desse meio para aumentar o faturamento é uma decisão de cada taxista.

Ao passageiro, vai caber o direito de se informar junto ao taxista se o valor está sendo normal ou acrescido para decidir pelo uso do transporte. Os usuários do Uber pagam, em média, 30% à menos que os valores cobrados pelos táxis na bandeira 1.
Agora na Bahia 

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP