Presidente da França perdoa mulher condenada por matar marido que a violentou por 47 anos

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Presidente da França perdoa mulher condenada por matar marido que a violentou por 47 anosO presidente da França, François Hollande, concedeu perdão a uma mulher que matou o marido após sofrer violência física e sexual por 47 anos. Jacqueline Sauvage, de 69 anos, foi condenada a uma pena de 10 anos de prisão por atirar em Norbert Marot em 2012. O crime aconteceu um dia após o filho do casal se enforcar. Ao conceder o perdão, Hollande disse considerar que o lugar de Jacqueline “não é mais na prisão, mas com a sua família”. Segundo a France Presse, a advogada Nathalie Tomasini, que representava a mulher, disse que estava tomada por “alegria e emoção” por causa do perdão. Sauvage atirou em seu marido três vezes pelas costas. O caso teve uma série de reviravoltas depois que suas três filhas informarem, em depoimento, que Marot também as espancou e estuprou. BN

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP