Morre funcionária da Caixa baleada no escritório por colega de trabalho

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Morreu, por volta das 21 horas desta quarta-feira(21), Marinoelia Andrade dos Santos, 51 anos, funcionária da Caixa Econômica Federal atingida por um tiro disparado pelo colega de trabalho Glei Mario de Lemos Leal, durante o expediente da empresa, em um escritório na avenida Paralela. Os disparos foram feitos por volta das 14 horas.

A confirmação da morte da funcionária foi dada ao G1 pelo superintendente da Caixa na Bahia, Anselmo Cunha, lamentando a ocorrência que provocou pânico entre os que estavam no 15º andar do Empresarial 2 de Julho. Depois de tentar acertar o chefe do setor em que trabalhava, ele atingiu duas colegas com tiros na cabeça e a seguir cometeu suicídio.

O alvo de Glei não foi atingido, enquanto Marinoelia ficou com a bala alojada na cabeça e acabou não resistindo. Ele estava internada no Hospital Geral do Estado(HGE). A outra funcionária atingida com um tiro de raspão, também na cabeça, segue internada no Hospital São Raphael e o estado de saúde é estável, de acordo com o Sindicato dos Bancários.

O inquérito sobre as duas mortes e toda ocorrência está sob responsabilidade da Polícia Federal, por ser a Caixa Econômica uma instituição pública federal. O escritório da Caixa instalado no Empresarial 2 de Julho trata, exclusivamente, de questões ligadas ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço(FGTS). O expediente de trabalho está suspenso até a próxima segunda-feira.
Informações do G1 

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP