Governo exige que universidades enviem listas de grevistas para cortar ponto de professores

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Governo exige que universidades enviem listas de grevistas para cortar ponto de professoresO governo federal deve endurecer seu posicionamento em relação às greves das universidades federais. De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o Ministério do Planejamento tem exigido que os reitores enviem a lista de professores que participaram de paralisações para que os respectivos pontos sejam cortados. Assim, haveria uma redução dos vencimentos. Algumas universidades, segundo a publicação, têm se recusado a fornecer os nomes dos faltosos, o que teria criado uma briga com o ministro da Educação, Mendonça Filho. O governo tem se utilizado de uma decisão recente do Supremo Tribunal Federal (STF) de que o poder público tem direito de cortar o ponto de servidores que realizarem greve. A única exceção é quando houver quebra do acordo de trabalho por parte do empregador, como atraso no pagamento de salários. A sentença da Corte tem repercussão geral e obriga todos os tribunais a adotarem o entendimento em casos semelhantes. A nota não diz, contudo, se o governo prevê o corte de ponto de greves que já ocorreram antes da decisão.
Informações do jornal O Globo

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP