Servidora acusa vereadora de invadir prefeitura armada e levar R$ 40 mil

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Caso está sendo investigado pela Polícia Civil (Foto: Heitor Moreira/TV Anhanguera)Uma vereadora do município de Crixás do Tocantins, sul do estado, é suspeita de invadir a prefeitura da cidade e obrigar a secretária de finanças a transferir R$ 40 mil para uma conta particular. Segundo a Polícia Civil, Neiva Gomes de Alencar (PPS), conhecida como Irmã Neiva, está sendo procurada e o caso é investigado como extorsão.

O fato ocorreu na última sexta-feira (28). Conforme o delegado Carlos Juarez, responsável pela investigação, a mulher estava devendo para um agiota. Ainda segundo ele, o dinheiro foi transferido para a conta de um vereador de uma cidade vizinha. O homem também está sendo procurado.

A secretária executiva de finanças do município informou à reportagem da TV Anhanguera nesta segunda-feira (31) que foi abordada pela vereadora na sexta-feira. Ela estava armada, fez ameaças de morte e pediu para que fossem transferidos R$ 150 mil para pagar uma dívida, conforme disse a servidora. Porém, a prefeitura tinha apenas os R$ 40 mil na conta.

O delegado disse ainda que a vereadora chegou a perguntar para alguns servidores da prefeitura quando entrava o dinheiro para o pagamento dos funcionários. Irmã Neiva concorreu nas eleições municipais de 2016 como vice-prefeita, mas não foi eleita.
Informações do G1 

A Secretaria da Segurança Pública do Tocantins disse que quatro testemunhas já foram ouvidas e outras estão sendo interrogadas nesta segunda-feira (31). O G1 ligou para a câmara de vereadores de Crixás, mas as ligações não foram atendidas.

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP