Sem autorização da Anac, piloto pediu ajuda a prefeito de Chapecó

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Sem autorização da Anac, piloto pediu ajuda a prefeito de ChapecóAntes do voo com a aeronave que transportava a equipe da Chapecoense, jornalistas e convidados, o piloto Mick Queiroga conversou com o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, pedindo auxílio para conseguir autorização da Agência Nacional de Aviação (Anac). O Bom Dia Brasil, da TV Globo, teve acesso ao áudio da conversa. “Eu contratei a Boliviana de aviação para eles pegarem você de Guarulhos para Santa Cruz. Eu vou estar esperando aqui em Santa Cruz. Esse voo sai 15h da tarde, horário local de São Paulo, mas o processo desse outro, desse pedido que a gente fez tem que sair porque aí está a aprovação para gente entrar em Foz do Iguaçu e ir até Chapeco, por favor prefeito dá uma força ai para gente poder entrar”, afirma o piloto. O Chapecoense, inicialmente, planejava levar sua delegação em um voo fretado que partiria do aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, em voo direto até Medellín, na Colômbia. O avião alugado, da companhia LaMia, teve autorização para descer na cidade colombiana negada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) (entenda). Diante do obstáculo, a delegação do clube precisou seguir em um voo comercial rumo a Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, para, na sequência, embarcar no avião fretado pelo clube, que acabou caindo próximo ao aeroporto de Medellín. BN

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP