recent

Justiça mantém prisão de mecânico acusado de estupro mesmo após enteada dizer que mentiu

O Tribunal de Justiça da Bahia decidiu nesta quarta-feira (9), durante novo julgamento, manter preso o mecânico Edmilson Gonçalves dos Santos condenado por estuprar a enteada. O caso foi revisto a pedido do Ministério Público depois que a suposta vítima disse que mentiu para incriminar o padrasto a pedido do pai biológico. Segundo a advogada do mecânico, Anete Gomes, o procurador de Justiça afirma que a relatora foi omissa por não entender que a fala da vítima era uma prova nova. "A fala dela (vítima) serviu para condenar e devia servir para absorver", argumenta.

Assim que o tema entrou em pauta, a relatora do processo, a desembargadora Ivete Caldas, manteve a primeira decisão. Os demais desembargadores, inclusive o que deveria revisar o caso, acompanharam a relatoria e decidiram manter Edmilson preso. A mulher do mecânico não conteve a emoção e a revolta. "Porque é pobre, negro e mora na periferia tem que ser crucificado por algo que não cometeu? Mas eles estão certos, errada estou eu e a minha família", desabafou.
A outra enteada do mecânico, que considera Edmilson como pai, desabafou e disse que foi morar com o suspeito quando tinha 20 anos e ele nunca a tocou. "Eles estão condenando uma pessoa inocente, que não fez nada disso. Eles estão humilhando, machucando todo mundo lá em casa", disse. Após a decisão dos desembargadores, Edmilson vai permanecer no presídio cumprindo a pena de dez anos, que ele já havia sido condenado. A defesa pretende recorrer no STJ (Supremo Tribunal de Justiça), em Brasília, já que a enteada do suspeito, que o acusou aos 11 anos, prestou novo depoimento em juízo aos 18 dizendo que tudo não passou de uma armação.

Em vídeo gravado, a vítima diz que foi induzida pelo pai a acusar o mecânico, pois o genitor tinha ciúmes da relação da mãe. Ela disse que todos os fatos que contou na delegacia foram inventados pelo pai. O mecânico já está preso há quase três anos e nega que tenha cometido o abuso sexual contra a enteada. R7
Justiça mantém prisão de mecânico acusado de estupro mesmo após enteada dizer que mentiu Justiça mantém prisão de mecânico acusado de estupro mesmo após enteada dizer que mentiu Reviewed by Augusto Urgente on 10.11.16 Rating: 5