Enem 2016: PF investiga denúncia de que quadrilha presa já tinha gabarito

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

A Polícia Federal investiga indícios de que quadrilha que participou de fraude do Exame Nacional do Ensino Médio, alvo de operação no último dia 6, quando foi realizada a última etapa da avaliação, pode ter conseguido os gabaritos antes das provas. A denúncia foi divulgada neste domingo (13) pelo programa Fantástico, da TV Globo. Os fraudadores pagavam até R$ 100 mil para o gabarito. De acordo com o delegado da PF Marcelo Freitas, o grupo teria conseguido o gabarito de Ciências da Natureza da prova azul, tema mais importante para os candidatos de Medicina. O esquema da quadrilha era articulado em Montes Claros (MG). A organização criminosa recrutava alunos e professores para fazer o exame e repassar as respostas por telefone, por meio de um ponto eletrônico. As respostas eram passadas aos candidatos em seis minutos e quarenta e cinco segundos. Uma estudante e quatro integrantes da quadrilha foram presos. O grupo atuava em ao menos três estados, entre eles a Bahia. “A partir de um hotel, eles conseguem transmitir os gabaritos para todos os locais do território nacional sem ser importunados”, afirmou o delegado. Ainda de acordo com Freitas, a quadrilha participa também da fraude de outros concursos. “Inclusive para delegado, INSS, Receita Federal, provas na área jurídica, como promotor”, informa. Apesar da denúncia de vazamento do gabarito, o ministro da Educação, Mendonça Filho, descarta a possibilidade da prova ser anulada. “Esse vazamento demonstra que o trabalho de vigilância e articulação do MEC junto à Polícia Federal redundou em medidas que evitaram a fraude. Aqueles identificados, que porventura tenham relação com a organização do Enem, devem também ser punidos exemplarmente”, declarou.
Com informações do G1.

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP