Delegado é condenado à prisão por vender cigarros contrabandeados em São Paulo

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Delegado é condenado à prisão por vender cigarros contrabandeados em São PauloO ex-titular da delegacia de Jardinópolis (SP), Renato Savério, acusado de vender cargas apreendidas de cigarros contrabandeados do Paraguai, foi condenado a 11 anos e 8 meses de prisão pela Justiça. Ele está preso desde março de 2015 no presídio da Polícia Civil em São Paulo (SP).Segundo a promotoria de Justiça, Savério chegou a lucrar R$ 200 mil com a venda de 22.150 pacotes de cigarros, apreendidos em dezembro de 2014 em Jardinópolis. Ele foi exonerado da função pelo governo de São Paulo em agosto de 2016.O escrivão de polícia Silvio Perissê, acusado de atuar junto com Savério e falsificar documentos públicos e fraudar processos, foi condenado a 10 anos de prisão. Perissê chegou a ser preso, mas conseguiu um habeas corpus e respondia ao processo em liberdade.O advogado do ex-delegado, Júlio Mossin, disse que vai recorrer da decisão. A defesa de Perissê não foi localizada para comentar o assunto.Um terceiro homem, acusado de ser o receptador das cargas, foi condenado a 7 anos e 6 meses de prisão, mas está foragido.

O GLOBO

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP