Correios vão propor PDV que garante 35% do salário por 10 anos a funcionários

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Os Correios devem apresentar em breve um plano de demissão voluntária (PDV) aos funcionários. De acordo com reportagem de O Estado de S. Paulo, a adesão pode começar a partir de dezembro deste ano. O público-alvo são 13.000 funcionários e a empresa aceitará a adesão de até 8.000 deles.

Se bem-sucedido, o PDV trará uma economia de 850 milhões de reais a 1 bilhão de reais por ano para a estatal. O foco do programa são os funcionários com mais de 55 anos, aposentados ou com tempo de serviço para requerer a aposentaria. Do total da empresa, esse grupo corresponde a 117.400 empregados.

Os funcionários que aderirem ao programa vão receber 35% do salário por dez anos. O valor ainda é uma expectativa. Em nota, os Correios afirmaram que estão aguardando a aprovação do Ministério do Planejamento para apresentar o plano aos funcionários. A estatal deve encerrar o ano com um prejuízo próximo ao de 2015, de 2 bilhões de reais. No ano, até outubro, o resultado está negativo em 1,5 bilhão de reais.

O representante dos trabalhadores no conselho de administração dos Correios, Marcos César Alves Silva, disse ao Estado que os Correios estão nessa situação por três fatores: o aparelhamento político; o excessivo recolhimento de dividendos aos cofres do Tesouro nos anos em que o resultado era superavitário e o represamento das tarifas no governo de Dilma Rousseff. CDP

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP