Vaqueiros já ocupam a Esplanada dos Ministérios, em Brasília

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Mais de mil caminhões, dois mil veículos e em torno de dez mil cinco mil pessoas amanheceram hoje (25) na Esplanada dos Ministério, em Brasília, na chamada Marcha dos Vaqueiros, umamanifestação em protesto à lei federal que proíbe a realização de vaquejadas em todo o país. Esses números são divulgados pela organização dessa mobilização que reúne mais de dois mil baianos.

Um dos objetivos dos organizadores do evento é fazer com que o Supremo Tribunal Federal revoque a determinação e, para tanto, os vaqueiros, empresários de setores rurais, donos de haras e organizadores de vaquejadas, devem promover ações na justiça e também fazer movimentos políticos. Para eles, o fim da vaquejada é sinônimo de muitas demissões e prejuízos, além de um afronta à cultura do povo nordestino. “O STF terá que voltar atrás fazer audiência pública e depois sim decidir sobre o assunto”, diz um dos organizadores da manifestação.

Os manifestantes começaram a chegar a Brasília no domingo (23) à noite e ficaram concentrados em parques de exposições. A partir das primeiras horas desta madrugada os caminhões começaram a se deslocar e a estacionar nas avenidas próximas à Esplanada dos Ministérios e ao Congresso Nacional. Em uma das vias, eles calculam que a fila de caminhões e carretas chegue a dois quilômetros.

Durante todo o dia eles vão se reunir em grupos e tentar contato com políticos, tanto no Senado quanto na Câmara dos Deputados. O objetivo é tentar apoio para uma lei que regularize a vaquejada no Brasil inteiro. “Não podemos ficar parados para evitar que muita gente fique desempregada. Os vaqueiros que a vida inteira trabalharam no setor estão aqui desesperados com a possibilidade de não terem o que fazer daqui por diante”, diz Clemente Azuiz, pernambucano que levou um caminhão com cavalos de raça.

O cenário no gramado da Esplanada dos Ministério está bem diferente nesta terça-feira. Há barracas de lona onde o pessoal começa a aprontar a comida e em alguns pontos, cavalos de raça estão pastando na grama. 
Fonte: Agora na Bahia.



Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP