Rádio Excélsior não renova contrato e 15 ficam sem emprego

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Jornalista Mário Freitas, 42 anos
de trabalho na Excélsior
 (Foto: Arquivo pessoal)
Os ouvintes acostumados a ouvir a equipe Alto Astral, pela Rádio Excélsior da Bahia, vão ter que mudar de frequência, a partir de novembro. Por falta de entendimento comercial, o contrato entre o jornalista e empresário Mário Freitas e a emissora ligada à Arquidiocese de Salvador, não foi renovado, depois de muitas discussões e tentativas de acordo. A direção da emissora decidiu fazer uma fusão com a Rádio Vida FM, do mesmo grupo e ainda mudar o comando para a equipe do radialista Renan Rocha.

O resultado do fim dessa parceria, são cerca de 15 pessoas desempregadas, a maioria radialista, todas ligadas a Mário Freitas que manteve a equipe de esportes no ar nessa emissora, durante os últimos 25 anos. Por causa do rompimento desse contrato, o clima foi de tristeza na manhã desta sexta-feira (28), nos bastidores da emissora, onde, também podia ser sentida muita revolta por parte dos que participaram das negociações com a direção da emissora.

“Não houve nenhuma boa vontade em negociar e isso ficou claro em todos os encontros que tivemos”, disse um dos integrantes da equipe, evitando outros comentários para evitar “falar o que não devo em um momento tenso como este”. Pedindo para não ser identificado e na esperança de que as coisas poderão ganhar um rumo diferente do que foi definido hoje, ele deixou a emissora, no entanto, sem saber dos rumos para o futuro.

Procurado pelo #AgoraNaBahia, o jornalista Mário Freitas confirmou o fim do contrato na área esportiva depois de vários anos com a emissora da “Família Católica da Bahia”, como é conhecida a Rádio Excélsior, a segunda mais antiga da Bahia e com ampla tradição no esporte. “No total, são 42 anos de trabalho nas duas passagens por aqui, sendo, então, o locutor que mais falou nessa rádio”, contabiliza Mário Freitas.

A partir de segunda-feira, estarão disponíveis no mercado, locutores como José Antônio Melo, Ivo Ferraz e Marcos Costa, narradores, Fernando Cabus, Luis Brito e Sérgio Toniello, comentaristas, Dito Lopes, Carlos Sobral, repórteres e França Almeida, plantonista, que formam a equipe “Alto Astral”, comandada por Mário. Além desse grupo, estão pessoas ligadas à área administrativa que também ficam sem atividade devido à falta de acordo comercial.

Rádio Excélsior

O #AgoraNaBahia entrevistou o economista José Trindade Lage, que dirige o setor de rádio da Arquidiocese de Salvador. Ele confirma o fim do contrato com a equipe de Mário Freitas e anuncia que a partir de 1º de novembro, a Excélsior passa a ter um canal de FM, na frequência 106,1. Informa, também, que a atual Rádio Alvorada, de Cruz das Almas, passa a ser chamada de Excélsior Recôncavo, que, em breve, deixa de ser AM e passa a transmitir em FM a partir do ano que vem.

Ele diz que a ideia é fazer jornalismo em rede e o esporte estará dentro dessa mudança, com o primeiro passo sendo a unificação do esporte. Ele nega que tenha havido qualquer desentendimento com a equipe de Mário Freitas, para ele um nome respeitado e que “não se interessou na renovação do contrato”, contradizendo as primeiras informações obtidas pelo #AnB.

Mas confirma que Mário Freitas não terá o contrato renovado a partir de 31 de dezembro, quando termina o prazo para apresentação do programa “Manhã Excélsior, das 11 às 12h, de segunda a sexta-feira.

“Renan Rocha passa a assumir todo o esporte, migrando o grupo atual para a Excélsior, migrando o esporte com todos os programas e atividades para as duas emissoras que vão ter a mesma programação”, diz Trindade. Ele ainda diz que “as duas equipes poderão se somar, depende deles”.

Mas o diretor admite que a integração entre as emissoras – Salvador e Cruz das Almas – acaba provocando demissões, apesar dele preferir falar em “perda de postos de trabalho”. Pelas previsões, cerca de “cinco postos de trabalho” deixam de existir.

História

Uma das mais importantes emissoras da Bahia, a Rádio Excélsior teve momentos de glória na radiodifusão, tendo revelado nomes famosos na locução esportiva, como Fernando José, José Athayde, Nilton Nogueira, Édson Almeida, Cléo Meirelles, Gérson Macedo, Juarez Oliveira, Sílvio Mendes, Jorge San Martin, José Roberto, Oswaldo Barreto e muitos outros, que durante anos mantiveram a liderança da emissora.

“Esse ajuste está sendo feito por uma imposição do mercado. Não haverá posição radical do nosso lado, dizendo que todo mundo vai embora. Vamos abrir mão de alguns cargos, criar outros, mas no cômputo geral não vão ser os postos que vamos eliminar”, diz o José Trindade, informando que hoje, o grupo tem cerca de 42 funcionários no departamento de radiodifusão da Arquidiocese.

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP