Quatro barragens da Bahia têm volume crítico de água

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Ao menos quatro barragens baianas enfrentam a grave crise hídrica e apresentam volume crítico de água. De acordo com o jornal A Tarde, das 16 principais barragens localizadas na Bahia, acompanhadas pela Secretaria Estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs), quatro estão em situação crítica e quatro em alerta. As oito restantes apresentam situação considerada normal. Entre aquelas com nível crítico, três são estaduais e operadas pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa): Água Fria II, Joanes I e II. A quarta é a de Sobradinho, equipamento federal operado pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf). Segundo o diretor de revitalização de bacias hidrográficas da Sihs, José Olímpio de Morais, a situação é classificada como crítica a partir do volume útil de água existente e dos usos a que a barragem se destina, sobretudo o abastecimento humano. Em Água Fria II, a situação é difícil por causa do tamanho, pequeno para abastecer moradores de Vitória da Conquista. Dos quatro barramentos em alerta – pela avaliação da Sihs – dois são estaduais e operados pela Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento (Cerb): Apertado e Pedra do Cavalo. As outras duas, federais, são Luiz Vieira e Mirorós.
Informações do jornal A Tarde

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP