Prefeitura de Miguel Calmon demite vários profissionais da saúde e deixa população revoltada

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Nesta sexta-feira, 07 de outubro 2016, moradores da cidade de Miguel Calmon, entraram em contato com a nossa redação pelas redes sociais, para repudiar uma atitude do atual gestor Nadson Sampaio.

Segundo informações, vários profissionais da área de saúde foram demitidos, o que irá prejudicar o atendimento em todo o município. Tentamos contato com o prefeito Nadson, para que o mesmo esclareça para a população o que está havendo de fato, porém, o seu número deu fora de área.

Entramos em contato com o novo prefeito eleito José Ricardo Leal Requião, o Caca, que disse que a informação procede e a atitude irá prejudicar toda a população carente de Miguel Calmon, que precisa de atendimento púbico.

"Anunciaram que as demissões foram feitas para cortar gastos, mas, na verdade, querem é prejudicar o povo, que passará por privação. Com os cortes dos médicos, o Fundo Nacional de Saúde repassará ainda 3 meses, sendo que em janeiro haverá a descontinuidade do programa. Dessa forma teremos que refazer todos os programas, o que levará tempo para o reinício dos repasses. Isso é uma tremenda covardia com os mais necessitados que dependem deste serviço. Irei procurar o Ministério Público na segunda-feira, pois querem prejudicar o nosso governo, mas, na verdade irão prejudicar é o povo".

Caca que irá assumir a partir de 1 de janeiro disse ainda que: "Quando perdi a eleição, um mês antes de passar as chaves da prefeitura, entregamos um novo posto de saúde para o povo, agora querem deixar o povo sem médico no início da nossa gestão, isso é mesquinho, é vergonhoso".
Fonte: Augusto Urgente!

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP