Pai conta para filho que mãe morreu de overdose e divide opiniões na web

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

No último dia 10, o americano Brenden Bickerstaff-Clark tomou a decisão de dizer ao filho de 8 anos que a mãe dele havia morrido em decorrência de uma overdose de heroína. Ele também registrou o momento e compartilhou o vídeo em seu Facebook. 

A decisão de Clark dividiu opiniões da rede social: enquanto uns apoiaram a atitude dele, houve também quem condenasse. Até a manhã desta sexta-feira (14), o vídeo já havia sido visto mais de 33 milhões de vezes e a publicação recebeu mais de 720 mil compartilhamentos.

“Hoje eu tive que dizer ao meu filho de 8 anos que sua mãe morreu de uma overdose de drogas. Esta é a realidade da nossa doença. Não deixem que essa doença tenha que fazer vocês dizerem ao seu filho que sua mãe está morta por causa das drogas. Essa foi uma das coisas mais difíceis que eu já tive que fazer. Meu filho não tem mãe por causa da heroína. Meio difícil de ouvir, mas você pode ouvir o que estamos dizendo. Por favor, vamos procurar ajuda para que nossas crianças não tenham que sofrer. Isso (o vídeo) não era encenado. Isso era real. Eu pedi a alguém para gravar isso para que dependentes químicos com filhos possam ver a seriedade da nossa epidemia. Eu mesmo estou me recuperando e completando 94 dias limpo hoje. Por favor, compartilhe e talvez ajude a salvar a vida do pai de uma criança”, escreveu Clark juntamente com a divulgação do vídeo.

Na gravação, é possível ver o pai tentando explicar ao filho o que havia acontecido com a mãe dele. “Mamãe morreu na noite passada”, diz ele. Ele repete novamente a informação porque o menino parece não entender o que ele está dizendo. Na sequência, a criança quer saber como a mãe morreu e ele responde simplesmente: "Drogas".
Correio 

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP