MPF denuncia seis pessoas por fraude de R$ 3,5 milhões em empréstimos junto à CEF

sábado, 22 de outubro de 2016

Sete pessoas foram denunciadas por causar um prejuízo de mais de R$ 3,5 milhões à Caixa Econômica Federal (CEF). Segundo o Ministério Público Federal (MPF) em Ilhéus, eles operavam 17 empresas "de fachada" para conseguir de modo fraudulento 32 empréstimos junto a agências do banco em Ilhéus e Itabuna. Os valores nunca foram quitados. 

Paulo Henrico Almeida de Melo Santos é apontado como líder do grupo. Junto com outras cinco pessoas, Aline Félix Nascimento, Fabiana Vieira dos Santos, Jaqueline Santana Felix de Jesus, Nadja Almeida de Melo e Tayana Frutuoso de Souza, ele constituiu 17 empresas fictícias entre 2012 e 2013, usando informações e documentos falsos. O objetivo era conseguir empréstimos na Caixa.

O gerente de atendimento de pessoas jurídica das agências de Ilhéus e Itabuna à época, Gerson Bernardo Alves dos Santos, é acusado de ser cúmplice nos 32 atos ilícitos cometidos. Ele autorizava indevidamente a concessão de crédito em benefício das empresas. A Caixa instaurou um processo disciplinar que constatou a fraude de irregularidade nos empréstimos, concluindo que o gerente agiu para burlar as regras do banco de maneira intencional, para favorecer os denunciados. Correio

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP