'Estado de choque', diz mãe de brasileira morta em acidente com trem nos EUA

sábado, 1 de outubro de 2016

A família da advogada brasileira Fabíola Bittar de Kroon, 34 anos, que morreu em um acidente de trem que deixou mais de 100 feridos nos Estados Unidos, viajou nesta sexta-feira (30) para buscar o corpo dela. Eles souberam do acidente pelo marido de Fabíola, que estava fora da cidade no momento quando foi notificado sobre a morte da esposa.

Fabíola era natural de Santos, no litoral paulista. Ela teve corpo identificado no começo da tarde. A filha do casal estava em uma creche. A vítima estava de pé na plataforma quando o trem número 1614 não conseguiu parar na estação de Hoboken e bateu no local.

Ao 'G1', Sueli Brittar, mãe da advogada, disse que a ficha ainda não caiu porque os fatos aconteceram muito rápido. "Agora, neste momento, a nossa prioridade é trazer o corpo da nossa filha de volta para o Brasil. Estamos embarcando para os Estados Unidos para agilizar o processo. Estamos em estado de choque", contou ao site.

O Itamaraty informou que ainda busca informações sobre vítimas brasileiras do acidente. Além da vítima fatal, mais de 100 pessoas ficaram feridos no acidente, pelo menos três em estado grave. Segundo agências de notícias locais, houve passageiros que ficaram presos nas ferragens, mas foram retirados posteriormente.
Informações do G1 

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP