Dono de rádio comunitária é morto na frente da filha de cinco anos em Conjunto Pirajá

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Um homem de 54 anos foi encontrado morto na madrugada deste domingo (16), na casa em que morava, no bairro de Conjunto Pirajá I, em Salvador. Jairo de Oliveira Silva era dono da rádio comunitária Vorgel FM, que funcionava no segundo andar do imóvel e foi morto com dois tiros na cabeça. De acordo com os parentes, a vítima vivia com a filha de cinco anos, que presenciou o crime. 

O crime aconteceu na Avenida Central. Segundo os vizinhos de Jairo, por volta das 3h tiros foram ouvidos e dois homens vestindo roupas pretas e com máscaras foram vistos deixando a casa da vítima. Eles entraram em um carro preto que estava parado em frente à residência com mais dois homens e foram embora. Jairo dormia com a filha em um quatro. No outro cômodo, dormiam a mãe dele e uma cunhada, que acordaram com os disparos e chamaram a polícia. 

Familiares de Jairo contaram ao CORREIO que não havia sinais de arrombamento na casa e suspeitam de que a vítima teria aberto a porta para os banidos. Eles contaram ainda que no quarto foram encontrados uma garrafa de vinho e três copos. Os criminosos reviraram a casa e levaram um aparelho celular da rádio. 

Familiares acreditam que os criminosos eram pessoas conhecidas. “Tudo indica que alguém que o conhecida para ele deixar entrar na madrugada da manhã”, disse um irmão da vítima que não revelou nome por questões de segurança. Eles disseram que a filha de Jairo está em estado de choque. “Por causa disso ela está toda confusa. Ela não sabe explicar direito o que aconteceu. Normalmente ela dorme com ele”, contou o irmão. 
Perguntado se sabia o motivo do crime ou se Jairo vinha sendo ameaçado, um dos irmãos da vítima declarou: “Ele não passou nada para a gente. Não parecia que estava sendo ameaçado. Aqui, onde a gente mora, todo mundo gostava dele".

A rádio funcionava há mais de dez anos. “Ele começou ele Lauro de Freitas e há quatro anos ele está morando aqui”, disse o irmão

Vizinhos lamentaram a morte de Jairo. “Ele era gente boa com todo mundo. Ninguém nunca teve o que falar dele, pelo contrário, só elogios”, disse uma moradora. “Ele não era muito de sair. Passava a maior parte do tempo em casa e na rádio. Sempre apoiava os projetos da comunidade. Uma pessoa de coração bom. Pra mim foi uma surpresa o que aconteceu. Pela condutada dele, ninguém imagina que isso fosse acontecer”, declarou outra morada. 

O corpo de Jairo de Oliveira foi encaminhado para Instituo Médico Legal (IML) e vai passar por perícia antes de ser liberado para o sepultamento. Até às 16h deste domingo o corpo dele permanecia no IML aguardando a família. A polícia ainda não tem pistas dos autores do crime e caso vai ser investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Correio 

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP