Detento é acusado de matar assassino da mãe; dupla dividia cela

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Colocado na mesma cela que o homem que matou sua mãe, Patrício Amaral de Carvalho, 21 anos, detento do Conjunto Penal de Feira de Santana, é acusado de matar o antigo desafeto, Jairo Borges, 32 anos, no interior da unidade. O diretor do Conjunto Penal, o capitão Alan Araújo, em entrevista ao site Acorda Cidade, a arma do crime foi improvisada: Patrício arrancou um pedaço de metal da estrutura de concreto do pavilhão 01. De acordo com o jovem, Jairo iniciou a briga após reconhecê-lo. “Ele me reconheceu primeiro e esperou que todos saíssem para vir para cima de mim. Só tinha eu e ele na cela. Dei umas oito furadas nele. Bati primeiro nele, mas ele não quis parar e eu acabei furando ele todo, disse Patrício afirmando que estava arrependido”, afirmou. Quando a mãe morreu, aos 35 anos, Patrício tinha 10 anos e Jairo, 22. O rival se relacionava com a mãe do jovem. “Ele encontrou meu tio, que usa muleta, dentro de casa e ficou com ciúmes. Lembro de tudo como se fosse ontem. Ele também me reconheceu. Mantinha relação sexual com minha mãe na minha frente, nunca me deu nada, usava crack na minha frente. Minha mãe era alcoólatra”. Jairo chegou a ser socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade, mas não resistiu. Patrício chegou ao presídio na semana passada após furtar um notebook na cidade de Santo Amaro. Após o homicídio, sua pena deverá ser estendida. BN 

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP