sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Cientistas acreditam que encontraram uma explicação para o fato de algumas pessoas parecerem bem mais jovens que outras da mesma idade. A resposta está no DNA, e não na fonte da juventude.

Pesquisa da Universidade de Leiden (Holanda) feita com 3.000 pessoas provou que existem pessoas cujo material genético é menos suscetível aos efeitos do tempo. Os resultados foram publicados no periódico Genome Biology.

Normalmente, o DNA é regulado para ativar certos genes em determinadas fases da vida. Com o passar dos anos, essa regulação se altera gradualmente, o que é uma importante causa do envelhecimento. Mas, em algumas pessoas, essa regra biológica não funciona exatamente como estava previsto em cada idade.

A regulação do DNA em cerca de meio milhão de genes foi mapeada para encontrar locais onde a desregulação aumentou com o passar dos anos. Inesperadamente, a pesquisa descobriu que as alterações estavam intimamente ligadas aos genes do envelhecimento.
O próximo passo da pesquisa será descobrir se as pessoas com DNA mais jovem permanecem saudáveis por mais tempo.

“Obviamente, a saúde depende de mais coisas além da regulação do nosso DNA. Mas pensamos que a desregulação é um processo fundamental que poderia diminuir o risco de doenças”, afirma Heijmans.

“Em células cancerosas, encontramos mudanças na regulação do DNA nos mesmos locais, como se as diferenças que ocorrem com o envelhecimento fossem precursoras da doença. Queremos, portanto, estudar se um DNA desregulado aumenta o risco de diferentes formas de câncer e, inversamente, um DNA ‘jovem’ seria protetor”, afirma Roderick Slieker, outro cientista ligado ao estudo.
Agora na Bahia 

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP