Cabo da PM e mais cinco pessoas são presos após realizar falsa blitz para extorquir motoristas

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Um cabo da Polícia Militar e outras cinco pessoas foram presos na noite desta quarta-feira (19) suspeitos de estarem realizando uma falsa blitz e extorquindo dinheiro de moradores no distrito de Dom Marcolino, no município de Maxaranguape, litoral Norte do estado. Além dos detidos, foram apreendidos o carro da PM que o cabo estava usando, coletes e fardas policiais, cinco armas de fogo e cones que foram utilizados na fiscalização montada pelo grupo. O cabo foi identificado como Jailson Félix de Lima, lotado da cidade de Lajes, na região Central potiguar. Ele tem 16 anos de corporação.

Segundo o delegado Natanion de Freitas, um dos titulares da Delegacia de Plantão da Zona Norte de Natal, a barreira foi montada por volta das 15h. “Todos estavam vestidos com roupas de policiais, extorquindo dinheiro das pessoas que eram paradas nessa falsa blitz. O grupo foi denunciado e a PM de Maxaranguape foi averiguar o que estava acontecendo. Ao verificarem que se tratava de uma fiscalização irregular, os policiais trouxeram o grupo e todo o material que estava com eles aqui para a delegacia”, relatou.

Ainda de acordo com o delegado, o cabo da PM preferiu ficar calado. “Ele invocou o direito constitucional de ficar em silêncio e só vai falar em juízo. Os seis foram autuados por extorsão e associação criminosa, e todos também irão responder por porte ilegal de arma de fogo”, acrescentou Natanion. O G1 tentou falar com a assessoria de comunicação da PM e com o comandante geral da corporação, mas não conseguiu contato.
Informações do G1

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP