Bar se recusa a servir comida para criança de rua: ‘Isso é bicho, não é gente’

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Uma designer de 32 anos lançou uma campanha contra um bar de Ipanema, no Rio de Janeiro, após o estabelecimento se recusar a atender uma criança em situação de rua. De acordo com o jornal O Globo, Bianca Caravelos estava no Bar 20 quando foi abordada por um menino de cerca de dez anos, usando “uma camiseta surrada e chinelos”, que lhe pediu um prato de comida para que “não fizesse uma besteira”. Bianca o convidou para sentar e pediu que ele escolhesse uma opção do cardápio, mas um funcionário se recusou a anotar o pedido: “Assim você vai me causar problemas, compra no bar ao lado”. A designer afirmou que o atendente poderia ser o dono do bar, por aparentar estar “mais arrumado do que os outros”. Ao tentar argumentar com o homem que ela pagaria pela comida, a mulher recebeu como resposta que o local não estava mais servindo o almoço. "Fiquei tão constrangida pelo menino que fui comprar no vizinho", disse ela. Ao levantar, contudo, o atendente alertou: “Cuidado com a sua carteira. Isso é bicho, não é gente”. Após comprar uma quentinha para a criança em outro local, ela pediu desculpas ao menino pela situação. “O menino me procurou em outro bar pra agradecer a quentinha, e felizmente conseguiu fazer sua refeição, mas essa marca ele certamente não vai deixar pra trás”, lamentou em seu perfil no Facebook. O Bar 20 não possui páginas oficiais em redes sociais, mas nas três páginas de localização no Facebook diversos usuários encheram a página de críticas à postura dos funcionários, prometendo boicotar o estabelecimento e dar avaliações ruins em aplicativos que indicam restaurantes. 
Informações do jornal O Globo

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP