Após divulgação de retrato falado, rodoviário teme ser confundido com assaltante

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Após receber o retrato falado do suspeito de matar o policial militar Gilberto Miranda de Andrade, 56 anos, durante um assalto a um ônibus na última quinta-feira (27), o motorista de ônibus Gabriel Cruz do Nascimento, 46 anos, teme ser confundido com o assaltante. Segundo informações do jornal Correio, familiares e amigos repassaram a imagem para ele pelo aplicativo WhatsApp. O retrato falado foi divulgado pela Polícia Civil na última sexta (28). Depois de tentar falar com o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e não conseguir, o rodoviário procurou o jornal Correio para se precaver. Gabriel voltou a procurar a polícia e foi à 1ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Pernambués). "Conversei com o tenente, mas ele me disse que eu deveria procurar a imprensa e depois ficar dentro de casa até falar com os delegados do DHPP amanhã. Até o cara (suspeito) ser preso, os colegas do PM podem me pegar na rua e eu pagar pelo que não fiz", reclama. De acordo com Gabriel, nenhum registro policial foi feito e ele terá que tentar novamente falar com algum delegado envolvido no caso nesta segunda-feira. Como não havia imagens das câmeras de segurança do ônibus, o retrato falado foi produzido pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) com o auxílio de uma testemunha. BN

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP