Suspeito de matar motorista do Uber já comemorou roubo em rede social

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Suspeito de matar um motorista do aplicativo Uber em São Paulo, Alessandro Rodrigo da Silva Ramos, 19 anos, mantinha um perfil nas redes sociais em que ele comemorava roubo de outro veículo. 

Em uma das postagens, o suspeito exibia a chave de um veículo na mão e o chamava de "mais um brinquedinho". Ao jornal "Bom Dia São Paulo". investigadores disseram que encontraram indícios de outros crimes cometidos por Alessandro. 

Alessandro foi preso com Luana Pereira Maziero, 18, na tarde de sábado (24) em uma festa infantil no bairro Ipiranga. Na delegacia, eles confessaram ter matado o motorista do Uber Osvaldo Luís Modolo Filho, 52. De acordo com a polícia, eles tinham a intenção de roubar o veículo para retirar as peças e vendê-las para desmanches.

A polícia chegou até o casal, primeiramente, utilizando o celular de Osvaldo, que registrou a última chamada pelo aplicativo com o nome completo de Alessandro. Pesquisando pelo suspeito nas redes sociais, os investigadores encontraram uma imagem em que Alessandro aparece com a chave de um carro na mão com a seguinte frase: “Conseguimos mais um brinquedinho”.
O delegado Carlos César Rodrigues, responsável pelo caso, disse que o casal dermonstrou frieza ao falar sobre o crime e foram para uma festa após matar Osvaldo. “Impressiona pela frieza. Chegaram em casa ensanguentados, foram ao pronto-socorro e depois seguiram para uma festa”, contou o delegado.

Modolo Filho prestava serviço para o aplicativo Uber e foi morto com um tiro no rosto, outro na mão e facadas pelo corpo. No momento do crime ele circulava na região de Heliópolis, na zona sul de São Paulo.
Correio 

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP