Quatro dias após ser contratado, jogador é diagnosticado com HIV e acaba demitido

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Após deixar o modesto Union Douala para assinar um contrato de três anos com o rico Al Ittihad, time da Primeira Divisão da Arábia Saudita, e se destacar em seis partidas pela seleção principal de Camarões, Samuel Nlend viu sua vida virar um carrossel nas últimas semanas.  

Quatro dias depois de sua transferência ser confirmada, no dia 26, o atacante, artilheiro do último campeonato de Camarões, teve seu vínculo rescindido ao ser diagnosticado como HIV positivo, em um exame de rotina exigido pelo clube. O vírus é causador da Aids.

O Sindicato dos Jogadores Profissionais de Camarões saiu em defesa do atleta e vai processar o Al-Ittihad. De acordo com o site "Cameroon Concord", Nlend, de 21 anos, deve voltar a defender as cores do Union Douala, em seu país natal.

"Estamos contentes por ver nosso colega em grande forma porque ele é importante para nossa equipe. Vamos nos juntas e trabalhar para fazermos uma grande temporada" disse David Eto'o, ex-companheiro de Nlend, ao portal Cameroon Concordque. Com informações do Estadão Conteúdo.

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP